turismo dionisio 8mai

Nessa segunda-feira, 8, a Câmara Temática de Turismo, Cultura e Esporte do Núcleo Estadual de Integração da Faixa de Fronteira de Santa Catarina (NFSC) reuniu-se em Chapecó, no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) da cidade. O encontro teve a presença de 64 pessoas, entre os quais, 36 representantes de 19 municípios da região de faixa de fronteira. Também estiveram presentes representantes de seis Agências de Desenvolvimento Regional.

A condução dos trabalhos contou com a colaboração da analista de Relações Internacionais da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL), Ariane Emí Nakamura, que integra a coordenação da Câmara Temática de Turismo, Cultura e Esporte do NFSC.

O diretor de Políticas Integradas do Lazer, Carlos Cappelini, apresentou, entre outros assuntos, a política de regionalização do turismo, a situação do projeto piloto do Programa SC Rural nos municípios de Concórdia, Seara e Itá e atualizou informações sobre a construção do Centro de Atendimento ao Turista (CAT) de Dionísio Cerqueira. Também apresentou o relatório parcial da Pesquisa de Perfil do Turista Estrangeiro realizada na fronteira entre Dionísio Cerqueira e Argentina durante a temporada 2016/2017.

Cappelini enfatizou os prazos e responsabilidades das regiões turísticas na atualização do Mapa do Turismo Brasileiro e a importância de representação das quatro regiões que integram a faixa de fronteira (Caminhos da Fronteira, Vale das Águas, Grande Oeste e Vale do Contestado) no 1º Workshop de Planejamento Estratégico das Instâncias de Governança, que será realizado nos dias 18 e 19 de maio, em Balneário Camboriú.

A reunião também contou com a participação do diretor de Modernização Administrativa da Prefeitura de Chapecó, Diego Ferraz, que falou sobre o projeto de ampliação do aeroporto Serafim Enoss Bertaso, e do coordenador regional Oeste do Sebrae, Enio Parmeggiani, sobre a importância da integração transfronteiriça para o desenvolvimento econômico e turismo.

Instância de Governança Grande Oeste

Ainda nesta segunda-feira, foi a realizada a primeira reunião de 2017 da Instância de Governança do Grande Oeste. Os municípios que integram a região turística foram estimulados a participar de ações vinculadas ao Programa de Regionalização do Turismo e receberam informações sobre o cronograma de atividades para conseguir a inclusão no Mapa do Turismo Brasileiro, versão 2017. “Os municípios que são inseridos no mapa passam a ter acesso a políticas públicas definidas, tanto no âmbito federal, quanto estadual”, explicou o diretor de Políticas Integradas do Lazer da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL), Carlos Cappelini.

Hoje 184 municípios de Santa Catarina fazem parte do mapa do turismo, segundo Cappelini o objetivo é passar de 200. A instância de governança do Oeste é responsável pela descentralização da ação na região. O prazo para cadastro inicia em 1º de junho. Serão aproximadamente 30 dias para identificar e cadastrar as ações e atividades.

Informações:
Ascom SOL, com colaboração da ADR de Chapecó e de Dionísio Cerqueira.