crea 17mar17

Projetos de mobilidade, infraestrutura urbana e resíduos sólidos para a região metropolitana de Florianópolis foram apresentados a conselheiros do CREA-SC (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina) hoje, 17, na capital. As propostas da Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis (Suderf) tiverem apoio da entidade.

“Santa Catarina é pioneira em várias questões e quem sabe será nesse projeto de engenharia, podem contar conosco”, afirmou o presidente do Crea-SC Carlos Alberto Kita Xavier.

O engenheiro da Suderf Aloisio Pereira da Silva mostrou um sistema de transformação de resíduos sólidos em biogás com o uso de biodigestores em pequenas usinas a serem instaladas em seis pontos na região metropolitana. Essas estações receberiam o lixo coletado pela Comcap. Estima-se que a Grande Florianópolis gere em torno de mil toneladas de lixo por dia.

Na área de infraestrutura urbana, Silva apresentou o Sistema INFRAVIAS – Ruas Completas Sustentáveis que propõe um modelo de valas subterrâneas que organizam os sistemas sanitário, hidráulico, de fornecimento de gás, de energia elétrica e de comunicações das cidades. Essas redes são instaladas em uma calha comum feita de plástico reciclado sob a calçada. Há um protótipo em teste no Sapiens Parque, em Florianópolis.

Outro projeto da Suderf é a implantação de BRT (Bus Rapid Transit) com faixas exclusivas de ônibus a fim de otimizar o sistema de transporte público na Grande Florianópolis. A equipe da Superintendência está na fase de elaboração do edital da operação de ônibus.

Informações adicionais para imprensa:
Rosália Dors Pessato
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado do Planejamento
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Telefone: (48) 3665-3319/9186-9740