Sobre

logo crescendo juntos baixa

Crescendo Juntos - Programa de Desenvolvimento e Redução das Desigualdades Regionais, instituido pelo Governo do Estado em maio de 2016, tem como finalidade articular, coordenar, orientar e estimular o processo de planejamento e de organização de ações, centrado na redução das desigualdades regionais, promovendo um desenvolvimento inclusivo, equilibrado e sustentável no estado de Santa Catarina.

O foco são os fatores causadores das desigualdades entre regiões cujas intervenções propostas sejam capazes de reduzir tais desigualdades de forma estrutural e duradoura, dinamizando a economia em regiões com baixos indicadores de desenvolvimento em Santa Catarina.

>>> Acesse o decreto que institui o programa

>>> Acesse a instrução normativa que estabelece o Mapa de Elegibilidade 

>>>  Acesse o Programa de Desenvolvimento e Redução das Desigualdades Regionais de Santa Catarina

>>>  Acesse o E-book do Programa

>>> Acesse a instrução normativa dos núcleos executivos regionais

Perfil sócioeconômico por Agência de Desenvolvimento Regional:

>>  Perfil sócioeconômico da ADR de Lages

>>  Perfil sócioeconômico da ADR de São Joaquim

>>  Perfil sócioeconômico da ADR de Ituporanga

>>  Perfil sócioeconômico da ADR de Taió

>>  Perfil sócioeconômico da ADR de Caçador

>>  Perfil sócioeconômico da ADR de Canoinhas

>>  Perfil sócioeconômico da ADR de Dionísio Cerqueira

>>  Perfil sócioeconômico da ADR de São Lourenço do Oeste

>>  Perfil sócioeconômico da ADR de Quilombo

>>  Perfil sócioeconômico da ADR de Campos Novos

>>  Perfil sócioeconômico da ADR de Curitibanos

>>  Perfil sócioeconômico da ADR de Laguna

Objetivos

– Articular e integrar os órgãos e as entidades do Poder Executivo estadual, as agências de fomento e os demais parceiros para atuação nas regiões prioritárias
– Estimular a participação e o protagonismo dos agentes locais e regionais no desenvolvimento do programa
– Construir as Agendas Regionais de Desenvolvimento nas regiões de intervenção, integrando os programas, os projetos e as ações de desenvolvimento socioeconômico
– Contribuir para a melhoria dos indicadores de desenvolvimento nas regiões de intervenção prioritárias
– Promover o crescimento e a geração de riqueza na economia local e regional
– Estimular a geração de empregos formais e incentivar a criação de novas empresas e o empreendedorismo

Resultados esperados

- Desenvolvimento mais equilibrado entre as regiões do Estado
- Regiões do Estado com melhores indicadores de desenvolvimento
- Geração de emprego, criação de empresas, empreendedorismo e dinamismo econômico ampliados nas regiões de intervenção prioritárias
- Migração da população para outras regiões do Estado reduzida
- Extrema pobreza erradicada
- Integração regional e instituições fortalecidas
- Crescimento e geração de riqueza

Regiões de Atuação Prioritárias

Compreendem 12 Agências de Desenvolvimento Regional: Caçador, Campos Novos, Canoinhas, Curitibanos, Dionísio Cerqueira, Ituporanga, Lages, Laguna, Quilombo, São Joaquim, São Lourenço do Oeste e Taió.

Essas regiões abrangem 84 municípios com 1,06 milhão de pessoas, ou seja, 16,12% da população do Estado. Elas geram um PIB de R$ 18,3 bilhões o que corresponde a 10,3% do total da riqueza produzida em Santa Catarina.

>>>  Acesse o Mapa de Elegibilidade

Estratégia de ação 

Nessas regiões serão construídas Agendas Regionais de Desenvolvimento com a participação da sociedade civil, que sintetizam uma concertação de compromissos intragovernamentais e deste com a sociedade civil, nos distintos setores de atuação do Governo. Este processo será realizado nas regiões em oito etapas.

>>> Acesse a estratégia para a construção da Agenda Regional de Desenvolvimento 

Parcerias

O Programa de Desenvolvimento e Redução das Desigualdades Regionais será coordenado pela Secretaria de Estado do Planejamento que fará a articulação com órgãos e entidades do Poder Executivo Estadual e entidades representativas da sociedade civil organizada.

Os parceiros iniciais são:
- Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE)
- Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina S.A. (BADESC)
- Federação Catarinense de Municípios (FECAM)
- Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC)
- Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (FACISC)
- Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE)
- Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC)
- Federação dos Trabalhadores na agricultura do Estado de Santa Catarina (FETAESC)
- Banco do Brasil
- Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
- Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
- Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) 
- Sistema ACAFE (Associação Catarinense das Fundações Educacionais)

End FAQ